PCP da Guarda defende «novo rumo» para a Serra da Estrela

A Direção da Organização Regional da Guarda (DORG) do PCP defendeu esta semana «um novo rumo para a Serra da Estrela» e medidas para o desenvolvimento daquela zona do interior do país. Segundo o PCP, um novo rumo para a Serra da Estrela implica várias «medidas concretas imediatas» que possibilitem o desenvolvimento de uma região que «tem na montanha, na natureza e no ambiente importantes atractivos».
A DORG defende a revitalização do setor produtivo, a valorização da produção agro-pecuária, agro-industrial e florestal e a revitalização do comércio tradicional. «Dar prioridade ao investimento público e privado para diversificar a atividade económica e a instalação de novas empresas que criem novos postos de trabalho», são outras propostas.
O PCP sugere ainda o «reforço de meios da proteção civil, nomeadamente na área da limpeza e da floresta». «Consolidar uma rede viária que permita a permeabilização do território e reforço da sua coesão económica e social, numa quota entre os 500 e [os] 800 metros», e «reduzir progressivamente a rede viária e o trânsito automóvel onde existem debilidades dos sistemas ecológicos e o seu impacto seja negativo no meio natural e provoque a diminuição da qualidade de quem visite a serra, avaliando formas, entre as quais transportes alternativos, devidamente autorizados e licenciados», são ideias também defendidas.
Na nota, a DORG considera ainda necessário promover o turismo «numa perspectiva integrada, de qualidade, ambientalmente sustentável e acessível a todos». Valorizar o património histórico e ambiental como ponte para o futuro é «uma ideia chave para revitalização da Serra da Estrela» que assenta em três pilares: «Estrela: património natural e cultural único no país», «Estrela: inovação na tradição» e «Estrela: região digital», acrescenta. Para a mesma estrutura partidária, «é urgente e é possível» um novo rumo para a Serra da Estrela, «correspondendo às aspirações e sentimentos democráticos» do povo.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close