Penaverdense vence Taça Distrital de Futsal num jogo com muitos casos polémicos

O Penaverdense venceu o Sporting do Sabugal, por 5-4, e conquistou a Taça Distrital de Futsal. O resultado foi encontrado através da marcação de grandes penalidades, depois de se verificar o empate a 5 golos no final do tempo regulamentar.
O encontro, realizado no Gimnodesportivo de Meda, ficou marcado por lances polémicos, duas expulsões, uma tentativa de agressão à árbitra Joana Vicente e por críticas por parte do Sabugal à equipa de arbitragem liderada por Paulo Dias.
Faustino Caldeira
fcaldeira@gmpress.pt

Penaverdemse, do con-celho de Aguiar da Beira, venceu o Sporting do Sabugal, por 5-4 e conquistou a final da Taça Distrital de Futsal, que se realizou na noite do passado Sábado, no Gimnodesportivo Municipal de Meda. O resultado foi encontrado através da transformação de grandes penalidades, depois de se verificar o empate a 5 golos no final do tempo regulamentar. O equilíbrio foi mesmo a nota dominante ao longo do encontro. Ao intervalo, o resultado também assinalava uma igualdade.
O encontro fica marcado por lances polémicos, duas expulsões e a tentativa de agressão à árbitra, Joana Vicente, que só não teve contornos maiores devido a um jogador do Sporting do Sabugal, que se opôs ao colega de equipa e guarda-redes, Paulinho, que não terá concordado com a decisão da juíz da partida, no lance que originou o terceiro golo do Penaverdense, já na 2ª parte.
No primeiro tempo, os raianos adiantaram-se no marcador, aos 11 minutos, através de um remate bem colocado de Piro, que não deu hipóteses de defesa ao guarda-redes de Penaverde. A vantagem não durou muito tempo. Três minutos volvidos, Nando Augusto restabeleceu a igualdade.
Quase no mesmo minuto surgiram mais dois golos, um para cada equipa. O Sabugal adiantou-se no marcador por intermédio de Fábio Alves, que viria a ser expulso mais tarde e, Rafa voltou a igualar a partida.
O equilíbrio deixava antever que a final só se decidiria através de um lance individual, uma vez que também na defesa os dois guarda-redes mostraram bons argumentos. Pestana assinou o 3º golo dos raianos, após bom lance individual mas pouco depois, Paulinho não conseguiu suster uma bola que terá entrado, na totalidade, na baliza. O guardião protestou o lance junto da árbitra Joana Vicente e viu o cartão vermelho, tendo tentado agredir a juíz da partida.
O Penaverdense aproveitou o desnorte dos jogadores do Sabugal e adiantou-se no marcador, com um golo de Diogo Almeida, mas a cinco minutos do fim, João Luís restabeleceu de novo o empate. Os dois últimos golos estavam, no entanto, reservados para os instantes finais da partida. Hugo colocou o Sabugal em vantagem mas a 59 segundos do apito final, Nuno Pinho, levou a final para as grandes penalidades.
Também aqui acabou por resultar o lance polémico, uma vez que o guarda-redes do Penaverdense falhou uma grande penalidade, mas o árbitro Paulo Dias mandou repetir o lance por considerar que o guarda-redes do Sabugal estava adiantado. No segundo remate, o guardião não falhou, tendo o resultado final assinalado 5-4.
No rescaldo do jogo, o treinador do Penaverdense, João Silva destacou o primeiro título conquistado pelo clube do concelho de Aguiar da Beira. «É um dos pontos mais altos da minha carreira de treinador e é um prémio para os jogadores e dirigentes», referiu, acrescentando ainda que «agora o objectivo passa por conquistar a Supertaça», que ainda não tem data marcada e que só deverá ocorrer após o fim do Campeonato Distrital.
Do lado do Sabugal, o treinador Telmo Vaz referiu que a arbitragem foi vergonhosa e que a Associação de Futebol da Guarda deveria ter mais cuidado nas nomeações. «Numa final, com tanto equilíbrio, deveriam estar os melhores árbitros de futsal e não árbitros inexperientes», disse. O objectivo dos raianos passa agora pela conquista do campeonato, mas o treinador considera que a equipa ficou condicionada, devido às expulsões de Pinto e Fábio, que não podem jogar nas próximas jornadas. O próximo jogo dos raianos é novamente com o Penaverdense, no Sabugal, mas a contar para o Campeonato Distrital. O Sporting do Sabugal e a Associação Desportiva de Manteigas estão na luta pelo primeiro lugar e, se nenhuma das equipas perder pontos até à penúltima ronda, o título será decidido na derradeira ronda, altura em que as duas formações se encontram, no Sabugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close