Pinhel comemora 250 anos de elevação a cidade com actividades ao longo

O município de Pinhel vai comemorar os 250 anos da elevação de Pinhel a cidade com uma programação muito diversa e de qualidade, a realizar ao longo do ano.«[2020] é um ano muito importante para a nossa cidade e para o nosso concelho», disse hoje o presidente da autarquia de Pinhel, Rui Ventura, na conferência de imprensa de apresentação do programa comemorativo dos 250 anos da elevação de Pinhel à categoria de cidade (Agosto de 1770) e do projecto “Pinhel – Cidade do Vinho 2020″.
Segundo o autarca, a programação delineada pelo município é «muito diversa, mas de qualidade e abrangente”.
Os 250 anos da elevação de Pinhel a cidade vão ser comemorados com momentos de música clássica, uma maratona de orquestra de bolso, uma homenagem à fadista Amália Rodrigues, espetáculos de teatro, de música e de artes cénicas, entre outras iniciativas.
O município de Pinhel também vai proceder ao lançamento de várias publicações como uma antologia poética dos autores locais e uma obra sobre as “Artes Vindouras de Pinhel”, e realizar jogos florais. A 25.ª Feira das Tradições e Actividades Económicas de Pinhel, a realizar entre 21 e 23 de Fevereiro, também será dedicada à temática dos 250 anos da cidade (“250 anos de História, 25 anos de Emoções”), anunciou Rui Ventura.
A Paróquia de Pinhel também se associa às comemorações, que coincidem com a criação dos 250 anos da diocese local, que não existe em termos religiosos, mas possui um bispo titular. O padre Jorge Castela, presente no encontro com os jornalistas, adiantou que ao longo do ano a paróquia realizará jornadas de estudo e pastorais, concertos de música de inspiração cristã, entre outras iniciativas.
Quanto à programação a realizar este ano pela autarquia no âmbito da ação “Pinhel – Cidade do Vinho 2020”, o presidente da Câmara destacou as galas de abertura e de encerramento, e iniciativas de divulgação dos vinhos locais e da Beira Interior, não só em Pinhel, como também no país e no estrangeiro.
Uma das iniciativas para promover os vinhos locais inclui o lançamento de 3.000 garrafas do vinho “250 da Cidade de Pinhel”, adquiridas à adega cooperativa local, que serão oferecidas aos participantes em iniciativas e vendidas no Posto de Turismo de Pinhel, de acordo com Rui Ventura. Ao longo de todo o ano, será também realizada a actividade “Alegria Engarrafada”, que consiste na divulgação e comercialização dos vinhos de Pinhel em várias cidades do país.
Com a iniciativa “Cidade do Vinho 2020”, aquele município pretende «valorizar o trabalho» dos agricultores do concelho que «contribuem para a geração de riqueza» e também valorizar a região vitivinícola da Beira Interior, onde o território se insere.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close