EGIDRONES

Pinhel proporciona transporte colectivo a baixo custo em todo o concelho

O Município de Pinhel, no distrito da Guarda, iniciou na passada Quinta-feira um projecto que garante a mobilidade em todo o concelho e a preços simbólicos. Segundo o presidente da autarquia, Rui Ventura, que apresentou o Projecto Pinhel SIM em conferência de imprensa, com esta medida a Câmara pretende promover a mobilidade e a deslocação das pessoas dentro do concelho.
«Permitir que os munícipes possam ter ao seu dispor meios de transporte adequados às suas necessidades e que lhes permitam circular, a um preço meramente simbólico, pelas diversas freguesias e deslocar-se à sede de concelho, fundamentou a implementação deste projecto de mobilidade social», justificou à agência Lusa.
Referiu que a mobilidade dos cidadãos no concelho de Pinhel representa uma das suas «principais preocupações». Por isso, em parceria com uma empresa de transportes colectivos de passageiros, passa a existir «uma nova solução de mobilidade, concebida para todos e ao dispor de todos». Desde o o pasado dia 1, «todos os munícipes poderão usufruir de uma oferta de transporte concebido à medida das suas necessidades, seja através de circuitos regulares, seja através de transporte a pedido. Assim se garante a mobilidade em todo o concelho», declarou Rui Ventura.
Segundo a autarquia de Pinhel, o projecto de mobilidade contempla a realização de circuitos diários de transportes coletivos a preços «acessíveis e sustentáveis», sendo que cada viagem custa 50 cêntimos no transporte urbano e um euro no transporte regular e a pedido.
O plano de transportes coloca ao dispor dos habitantes de todo o concelho um total de cinco circuitos fixos, um por cada dia da semana, que são complementados por uma solução de «transporte a pedido» e uma rede urbana que faz a ligação entre os principais pontos da cidade.
O novo serviço garante a ligação das várias localidades à sede de concelho a baixo custo, independentemente da distância, explica a autarquia. «É um projecto que visa promover a mobilidade mais sustentável, disponibilizando, às populações com défice de oferta de transportes públicos, de densidade demográfica dispersa ou de baixo rendimento social, uma solução mais integrada e adaptada à realidade das necessidades dos munícipes», acrescenta a fonte.
O projecto de mobilidade social tem como objectivos garantir uma oferta de transporte com cobertura integral do concelho de Pinhel, servir as freguesias mais povoadas com uma oferta regular e as menos povoadas com uma oferta flexível, garantir uma solução de transporte uma vez por semana para cada zona do concelho e uma ligação a Vila Franca das Naves (Trancoso) à sexta-feira e ao domingo, que permita a conexão aos horários dos comboios da Linha da Beira Alta. Ainda de acordo com a autarquia de Pinhel as viagens serão gratuitas até ao dia 30 de Setembro.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close