PJ da Guarda deteve suspeito de abuso sexual a pessoa incapaz de resistência

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, na Guarda, um homem de 40 anos, com a profissão de calceteiro, pela alegada prática de um crime de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência. O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere, em comunicado hoje divulgado, que o crime terá sido praticado naquela cidade.
Segundo a nota, a investigação teve início após a recepção de uma denúncia que foi apresentada directamente no serviço de piquete do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda.
A PJ recolheu “diversos elementos de prova que, não só reforçaram a credibilidade da mesma, como também permitiram identificar e localizar o autor do crime em causa, assim como o esclarecimento das circunstâncias em que este ocorreu”, lê-se no comunicado. O detido vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação das adequadas medidas de coação.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close