PJ detém mulher por presumível prática de profanação de cadáver em Linhares da BeiraGuarda

A Polícia Judiciária (PJ) deteve uma mulher pela presumível prática de, «pelo menos», um crime de profanação de cadáver, em Linhares da Beira, Guarda, foi hoje anunciado. Em comunicado, a PJ explica que o cadáver, «que se julga ser de um escocês de 59 anos, foi localizado e exumado na tarde do dia de ontem [Quinta-feira], por elementos da Polícia Judiciária da Guarda e do Laboratório de Polícia Cientifica». «Concluiu-se assim uma fase da investigação, iniciada com a notícia do desaparecimento da vítima, procurando-se agora apurar as causas da morte». A nota esclarece ainda que, «por determinação da autoridade judiciária, que presidiu às diligências, a detida de 46 anos» vai ser sujeita a julgamento em processo sumário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close