PJ deteve homem por crime de pornografia de menores em Gouveia

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 46 anos, com antecedentes criminais pela prática do crime de abuso sexual de crianças, pelo alegado crime de pornografia de menores agravado, no concelho de Gouveia. «A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, identificou e deteve um homem, com 46 anos de idade, fortemente indiciado pela prática, reiterada, pelo menos ao longo de vários meses, de múltiplos crimes de posse e partilha de ficheiros de vídeo e também fotográficos, contendo material pornográfico envolvendo menores de 14 anos de idade», referiu a PJ em comunicado.

Segundo a fonte, os ficheiros e o material probatório foram apreendidos na sequência de uma busca domiciliária realizada na quarta-feira, na localidade de Gouveia, no âmbito de uma investigação criminal «instaurada por denúncia de eventuais crimes de aliciamento de menores para a prática de actos sexuais».

«Das várias diligências de investigação, entretanto já realizadas, foi possível apurar que o arguido acedeu a diversos sítios na Internet, contendo pornografia de menores, importando os respectivos conteúdos, via “download”, alguns dos quais, seguidamente, também chegou a partilhar no espaço virtual, fazendo “uploads” de imagens de cariz sexual com menores de muito tenra idade», acrescentou a PJ.

O detido, já anteriormente condenado numa pena de prisão efectiva pela prática do crime de abuso sexual de crianças, vai ser presente às competentes autoridades judiciárias para primeiro interrogatório judicial e sujeição às adequadas medidas de coação.

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close