Politécnico da Guarda acolhe pólo do Observatório do Envelhecimento na região Centro

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai acolher nas suas instalações a sede do pólo do Observatório Nacional do Envelhecimento na região Centro. O anúncio da instalação do pólo no IPG foi feita, naquela instituição, pelo coordenador da rede nacional do Envelhecimento Activo, Nuno Marques, durante a assinatura do acordo de adesão do AgeInFuture – Centro de Referência para o Envelhecimento Activo e Saudável do Interior da Região Centro ao Observatório Nacional do Envelhecimento.

Segundo Nuno Marques, citado num comunicado divulgado pelo IPG, «o Observatório Nacional do Envelhecimento não vai olhar apenas para os idosos, vai também olhar para as classes etárias mais jovens». «Não queremos avaliar cuidados, mas sim níveis de qualidade de vida», afirma.

O AgeInFuture é a nova estrutura dinamizada pelo IPG, pela Universidade da Beira Interior e pelos politécnicos de Castelo Branco e de Viseu para «criar melhores condições de vida aos idosos», segundo a nota.

O AgeInFuture «irá ficar associado à estratégia do Observatório Nacional do Envelhecimento e terá como objectivo fazer uma avaliação regular dos indicadores do envelhecimento em Portugal, assim como de propor medidas de intervenção para os enfrentar e alterar», adianta o comunicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close