Politécnico da Guarda ficou com 263 vagas após a 2ª fase do Concurso Nacional de Acesso

Cerca de metade dos candidatos à segunda fase do concurso nacional de acesso ao Ensino Superior ficou de fora das universidades e politécnicos públicos, onde foram agora colocados 9.274 estudantes, segundo dados oficiais hoje divulgados. De acordo com a informação disponibilizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, dos 18.195 estudantes que se candidataram na segunda fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA) ao Ensino Superior, apenas cerca de metade (9.274 estudantes) conseguiu ficar colocado numa das 11.615 vagas levadas a concurso.
No Instituto Politécnico da Guarda foram mais 189 estudantes nesta segunda fase, estando ainda por ocupar 263 vagas. Nesta fase, ficaram cheios os cursos de Desporto, Comunicação e Relações Públicas, Marketing e Enfermagem do IPG. Os cursos de Gestão e Gestão de Recursos Humanos, que tinham ficado com lugares vazios pela desistência de alunos colocados na 1ª fase, também ficaram completos. Sem alunos ficaram os cursos de Engenharia Civil e Engenharia Topográfica.

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close