Prémio Geoconservação 2020 atribuído aos municípios do Estrela Geopark

Os nove municípios que integram o Estrela Geopark foram distinguidos com o Prémio Geoconservação 2020, pela qualidade, pela diversidade e pelo »potencial impacte socioeconómico do trabalho desenvolvido no território».

A Associação Geopark Estrela, com sede na Guarda, refere em comunicado enviado à agência Lusa que o galardão foi atribuído pelo grupo português da ProGEO (Associação Europeia para a Conservação do Património Geológico) aos municípios que integram o Estrela Geopark: Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Manteigas, Oliveira do Hospital e Seia.

“Este ano, 2020, o júri decidiu por unanimidade atribuir o Prémio Geoconservação 2020 à candidatura dos municípios que integram o território do Estrela Geopark, reconhecendo a qualidade, a diversidade e o potencial impacte socio-económico do trabalho desenvolvido no território, com base na protecção e na valorização do património geológico e que levou ao reconhecimento internacional pelo Conselho de Geoparks Mundiais da UNESCO [Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura]”, segundo a fonte.

A associação acrescenta que o prémio “é o reconhecimento de todo o trabalho desenvolvido desde 2015, altura em que se iniciou a candidatura da Estrela a Geopark Mundial da UNESCO, de inventariação, classificação e monitorização dos 124 locais de interesse geológico” que constituem aquele Geopark.

“Constitui, igualmente, uma importante distinção para a estratégia de geo-conservação, reforçando, mais uma vez, a importância do património geológico na promoção e desenvolvimento deste território, que tem sido implementada pela Associação Geopark Estrela, entidade promotora da candidatura à UNESCO e responsável pela gestão e implementação do Estrela Geopark”, refere a nota.

O Prémio Geoconservação, atribuído desde 2004, tem como objectivos, entre outros, distinguir os melhores exemplos de conservação do Património Geológico promovidos por autarquias e estimular uma reflexão crítica sobre a necessidade de conservar o Património Geológico e incentivar as autarquias a adoptar estratégias e procedimentos.

O galardão visa também divulgar e sensibilizar o público em geral para o reconhecimento do valor do Património Geológico como parte integrante do Património Natural e motivar os órgãos de comunicação social para o debate sobre o papel da Geologia na sociedade contemporânea.

A candidatura da [Serra da] Estrela a Geopark Mundial da UNESCO foi entregue em Novembro de 2017 e aprovada pelo Conselho Mundial de Geoparks em Setembro de 2019.

A mesma encontra-se “na fase de ratificação pela UNESCO, o que acontecerá no próximo Conselho Executivo desta organização, que decorrerá em Paris, entre 29 de Junho e 10 de Julho deste ano, altura a partir da qual a [Serra da] Estrela passa a ser oficialmente um Geopark Mundial da UNESCO”, segundo a Associação Geopark Estrela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close