Prisão preventiva para suspeito de violência doméstica em Pinhel

Um homem de 64 anos, residente no concelho de Pinhel, ficou em prisão preventiva após ser detido pela GNR por suspeita de violência doméstica sobre a companheira e o filho. O Comando Territorial da GNR da Guarda referiu, em comunicado, que o suspeito foi detido, na Terça-feira, através do Posto Territorial de Pinhel.

«Na sequência de uma denúncia de violência doméstica, os militares da Guarda deslocaram-se para o local, onde foi possível apurar que o agressor ameaçou de morte a vítima, sua companheira, de 62 anos, bem como o filho, de 44 anos, chegando a agredi-lo com uma arma branca, nomeadamente uma catana», informou a GNR.

Segundo a fonte, «no decorrer da acção, e na presença da Guarda, enquanto decorriam as diligências policiais, o agressor voltou a evidenciar um comportamento agressivo, culminando na sua detenção».

O detido foi presente a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Pinhel, na Quarta-feira, que lhe aplicou a medida de coação de prisão preventiva.

PUB

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close