Profissionais de saúde e forças de segurança isentos de portagens na A23

A Globalvia, empresa concessionária da autoestrada A23, está a isentar de pagamento de portagens os profissionais cuja actividade esteja directamente relacionada com o combate à pandemia da Covid-19 e particulares em cumprimentos de deveres profissionais. «Esta disposição abrange profissionais que exerçam funções em hospitais e outras unidades locais de saúde, lares de idosos, forças de segurança e ordem pública, nomeadamente GNR, PSP, ANEPC e corporações de bombeiros, sitos nos concelhos limítrofes dos eixos da A23 (Abrantes – Guarda) (…)», explica, em comunicado publicado na sua página da Internet, a Globalvia.
Adianta ainda que o valor das portagens das viagens realizadas será assumido e liquidado pela Globalvia ao seu concedente. «Deste modo, não serão debitados quaisquer valores de portagens por viagens realizadas pelos profissionais abrangidos, enquanto se mantiver declarado o estado de emergência pela pandemia da Covid-19», lê-se na nota. A empresa sublinha que, com este gesto, se quer associar a todos aqueles que, para ajudar à contenção desta pandemia, se têm de deslocar pelas autoestradas concessionadas e operadas pela Globalvia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close