Projecto artístico da Cadeia da Guarda apoiado em 50 mil euros pela DGArtes

O Estabelecimento Prisional da Guarda (EPG) tem cerca de 50 mil euros para desenvolver o “Espíritos Livres”, projecto financiado pela Direcção-Geral das Artes que vai abranger «30 a 40 reclusos» e que irá contar com a participação de profissionais de várias áreas artísticas, revela o director, Luís Couto.

O projecto, aprovado no passado mês de Fevereiro, recorde-se, resulta de uma parceria de uma parceria com a Direcção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais no âmbito do programa de apoio “Arte e Reinserção Social”, com um orçamento de 200 mil euros, e que vai apoiar este ano a criação artística em sete estabelecimentos prisionais: Aveiro, Beja, Carregueira, Guarda, Lisboa, Sintra e Vila Real.

Na Guarda. o início da execução do projecto deverá acontecer, adianta Luís Couto, «logo no mês de início a seguir ao Verão. Eu diria Setembro ou Outubro». Mais pormenores na próxima edição do Jornal Terras da Beira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close