Serra da Estrela reforça dispositivo da protecção civil em 30%

A Autoridade Nacional da Protecção Civil anunciou hoje um reforço na ordem dos 30% do efectivo na região da Serra da Estrela para as épocas festivas que se aproximam. «Nesta época festiva, aumentámos cerca de 30% o efectivo para dar um maior acompanhamento» aos turistas na Serra da Estrela, adiantou o comandante da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC).

André Fernandes especificou aos jornalistas, no dia em que foi apresentado o Plano Nacional de Operações da Serra da Estrela, que arrancou hoje, o reforço que vai «até depois da Páscoa» e que tem «uma maior capacidade de mobilização». «São cerca de 80 veículos que estão preparados de prevenção na serra [da Estrela], com capacidade 4X4, e cerca de 40 operacionais neste dispositivo conjunto integrado de diferentes entidades», contabilizou o comandante.

Do dispositivo contam elementos dos corpos de bombeiros da região da Serra da Estrela, dos serviços municipais das Câmaras Municipais de Seia, Gouveia, Covilhã e Manteigas, e ainda a força especial de protecção civil e a unidade especial de socorro da GNR. Unidades que integram também elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e das Infraestruturas de Portugal (IP).

«É isto que queremos, um dispositivo integrado e coordenado e, para isso, contamos não só com um dispositivo dedicado durante a semana e depois nos períodos, sejam eles de épocas festivas, feriados e fins de semana, ou eventualmente quando se verificar um maior afluxo de turistas à serra», acrescentou.

André Fernandes adiantou que, para isso, conta «com duas bases permanentes das forças especiais da Proteção Civil que garantem este esforço dedicado à serra», em Valezim (Seia) e Unhais da Serra (Covilhã). «São 40 operacionais que consoante os períodos, quer sejam diurnos, noturnos, ou se houver necessidade de reforço, eles estão em estado de prontidão e avançam se for essa a necessidade», reforçou.

O comandante nacional considerou que este dispositivo «é essencial» para «garantir o socorro aos turistas» e, acima de tudo, para também dar uma «maior proximidade e garantir o aumento do estado da prontidão das forças e um maior acompanhamento das situações que venham a ocorrer».

O dispositivo, explicou, «é anual, sendo reforçado com estas condições meteorológicas adversas» neste período que começou agora e que vai até ao fim da Páscoa, abrangendo assim as épocas festivas.

O comandante distrital de operações de socorro de Castelo Branco, Francisco Peraboa, que fez a apresentação pormenorizada do dispositivo, fez também um balanço das diversas ocorrências na Serra da Estrela dos últimos anos, que «têm vindo a diminuir em número e em gravidade».

«Temos assistido sempre a uma queda dos números de situações de emergência e ocorrência na Serra da Estrela, mas sabemos que tudo isto pode modificar-se com um acidente com um autocarro ou uma qualquer ocorrência que envolva várias pessoas, inclusivamente os meios de socorro», apontou o presidente nacional da ANEPC.

Neste sentido, José Duarte Costa insistiu naquilo que defende “há quatro anos” junto de várias entidades para que «se consigam arranjar as melhores soluções para que cada vez mais se consiga evitar os carros», ou seja, «menos trânsito e mais pessoas». «Sabemos das dificuldades, em situações de emergência com neve e chuva, que é fazer a gestão deste trânsito e esse seria mais um desidrato», apontou.

Uma diminuição que a secretária de Estado da Protecção Civil, Patrícia Gaspar, presente na cerimónia, justificou com «a mais-vali»” da interacção das diversas entidades que integram o dispositivo e que fazem com que «as fardas não tenham cor” e que todos garantam que «o resultado final é o que se tem vindo a assistir».

PUB

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close