Socialistas escolhem delegados ao congresso distrital da Guarda

Os socialistas do distrito da Guarda vão amanhã escolher os delegados ao congresso distrital, agendado para o próximo dia 26, num hotel da cidade. Embora o acórdão da Comissão Nacional de Jurisdição apenas se refira à repetição do acto eleitoral em seis concelhias, tanto o actual líder da Federação, António Saraiva, como Eduardo Brito (o candidato que desistiu da corrida eleitoral) chegaram a acordo para irem a votos todas as listas que existiam no dia 4 de Março deste ano (umas afectas ao actual líder e outras a Eduardo Brito, ex-autarca de Seia), altura em que ocorreu a escolha dos delegados e do sucessor de José Albano na liderança da Federação Distrital.
No total deverão ser 27 listas, isto caso a que surgiu em Manteigas, que era afecta ao ex-autarca de Seia, tenha sido reformulada para poder respeitar a quota feminina no que se refere aos elementos efectivos. Em Seia, só haverá a lista afecta a Eduardo Brito, uma vez que não houve nenhuma outra. Este processo eleitoral terá ficado definido na tarde de Terça-feira (pouco tempo depois do fecho desta edição).
De recordar que esta situação surgiu após Eduardo Brito, ex-autarca de Seia, ter desistido da candidatura por entender «não estarem reunidas as condições democráticas necessárias à realização do acto eleitoral» e ter avançado com o pedido de impugnação das eleições, permitindo com que António Saraiva fosse eleito sem ter de defrontar qualquer adversário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close