Teatro Municipal da Guarda recebe “Chefs” de Yllana

A companhia espanhola Yllana sobe esta Sexta-feira ao palco do Grande Auditório do Teatro Municipal da Guarda (TMG), pelas 21h30, para apresentar “Chefs”, um olhar divertido ao fascinante mundo da gastronomia.
A história, lê-se na agenda cultural, gira à volta de um chef de grande prestígio que perdeu a inspiração e que tem forçosamente que confiar num disparatado grupo de cozinheiros para criar uma receita nova e espectacular e assim manter-se no topo dos guias de restaurantes. Ao mesmo tempo, o espectáculo faz um percurso pelas várias facetas do mundo da cozinha, como a nossa relação com os alimentos que ingerimos, os animais que nos alimentam, as diferentes cozinhas e sabores do mundo.
Haverá também espaço para os egos e para a competição dos “cozinheiros-estrelas” deste espectáculo, tudo temperado com muito humor e, como habitualmente, sem palavras pelos incontornáveis Yllana, que são Marcos Ottone, Juan F. Ramos, Joe O’Curneen, Fidel Fernández e David Ottone.
Yllana nasce em 1991 como companhia de teatro de humor gestual, embora presentemente tenha diversificado a sua actividade, oferecendo distintas prestações no mundo das artes do espectáculo e do audiovisual. Por um lado, é dedicada à criação, produção e distribuição de espectáculos, eventos e outros formatos audiovisuais, e por outro gere espaços teatrais e desenvolve diferentes projectos na área cultural, lê-se na webpage da companhia.
Nestes 24 anos de existência, concretiza, produziu vinte cinco espectáculos teatrais: “¡Muu!” (1991), “Glub, Glub” (1994), “666” (1998), “Hipo” (1999), “Rock and Clown” (2000), “Spingo” (2001), “Splash!” (2002), “Star Trip” (2003), “Los Mejores Sketches de Monty Python” (2004), “Olimplaff” (2004), “La Cantante Calva”(2005),
“Buuu!” (2006), “PaGAGnini” (2007), “Musicall” (2007), “Brokers” (2008), “Zoo” (2009), “Sensormen” (2010), “¡Muu! 2” (2011), “The Hole” (2011), “Action Man” (2012), “Far West” (2012), “Monty Python, Los Mejores Sketches” (2013), “Sinfònic
Ara” (2014), “The Gagfather” (2014) e “Chefs” (2015).
Estas produções foram apresentadas em mais de 2 mil ocasiões em 44 países e foram vistas por mais de um milhão e meio de espectadores, enumera.
A companhia participoou em festivais de prestígio internacionais, como, entre outros, Fringe Festival de New York (EUA), onde obteve o prémio “Outstanding Unique Theatrical Event” com “666” em 2009, Fringe Festival de Edimburgo (Reino Unido), onde foi galardoada com o prémio de Melhor Espectáculo pelos editores do jornal “Three Weeks” por “PaGAGnini”, em 2008, Festival Juste Pour Rire de Montreal (Canadá), Comedy Arts Festival de Moers (Alemanha) e Printemps des Courges de Toulouse (França).
Em Espanha fez temporadas teatrais em todas as grandes cidades e recebeu muitos prémios, entre os quais se destaca o prémio Max para Melhor Espectáculo Infantil de Zoo em 2010.
A companhia trabalha também na área de distribuição de artistas internacionais, como Leo Bassi, Elliot, Avner The Eccentric e Joseph Collard.
As Produções Yllana criaram numerosos sketches e spots publicitários que foram emitidos em televisões de vários países. Colabora desde 2009 com a Paramount Comedy (Viacom) no desenvolvimento e produção de novos formatos audiovisuais.
Presentemente está a trabalhar naquela que será a sua primeira longa-metragem.
Desde 1996 que gere o Teatro Alfil, convertendo-o num espaço de referência no centro de Madrid dedicado à comédia em todas as suas vertentes.
Em 1994 cria o FIHUM (Festival Internacional de Humor de Madrid), um festival que se realizou até 2008 e que apresentava em cada edição as melhores propostas internacionais de humor.
Yllana oferece consultoria artística a várias entidades públicas e privadas para a organização de eventos culturais nos quais o humor tem um papel especial. Sua experiência em artes cénicas, desde a criatividade à produção, é posta ao serviço de qualquer tipo de evento institucional. Yllana dirigiu e/ou produziu a Gala dos Prémios Max de Artes Cénicas (2009), Galas de Apresentação da Rede de Teatros da Comunidade de Madrid (2006) e Galas de Apresentação da Temporada Teatral de Madrid (2005-2007).
Yllana é uma empresa jovem, flexível, com capcidade de adaptação e soluções rápidas, que é reconhecida no sector cultural. Não só a nível nacional com também internacionalmente, conclui a webpage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close