TMG e Teatro Cine de Gouveia integrados na Rede de Teatros e Cineteatros

O Teatro Municipal da Guarda e o Teatro Cine de Gouveia integram a lista dos primeiros 50 espaços credenciados na Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses (RTCP) e que poderão candidatar-se a um apoio à programação a partir de Outubro, anunciou esta semana a Direcção-Geral das Artes (DGArtes). Na região Centro, há uma dúzia de cidades onde se poderá encontrar 14 espaços abrangidos são 12 os espaços abrangidos pela RTCP.

«Brevemente», adiantou a DGArtes, será divulgada «uma segunda e última lista de equipamentos credenciados nesta fase inicial de arranque da rede» e que também poderão concorrer ao apoio à programação. O regulamento indica que na fase inicial de implementação, os equipamentos culturais nos concelhos de Lisboa e do Porto não podem concorrer ao apoio à programação, para que as verbas cheguem a «realidades territoriais mais carenciadas em termos de recursos, projectos e dinâmicas culturais e artísticas».

Os equipamentos culturais selecionados nesta fase de lançamento da RTCP, como auditórios municipais, fóruns, casas culturais, teatros e cineteatros, poderão candidatar-se a uma linha de apoio à programação que abrirá a 9 de Outubro, anunciou DGArtes, responsável pela atribuição do apoio financeiro, através de «procedimento concursal mínimo» na modalidade trienal. O montante máximo de apoio deste programa é de 250 mil euros anuais e o mínimo de cem mil euros.

Será ainda a DGArtes a responsável pela credenciação dos teatros e cineteatros que queiram aderir à rede, mediante vários requisitos, um dos quais que as estruturas tenham recursos humanos e valorizem «relações laborais estáveis».

Entre os primeiros 50 equipamentos culturais estão o Teatro Académico Gil Vicente (Coimbra), o Teatro Viriato (Viseu), o Cine Teatro Sousa Telles (Ourique), a Casa da Criatividade (São João da Madeira), o Auditório de Espinho, o Centro Cultural Raiano (Idanha-a-Nova) e o Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz.

Quanto aos equipamentos culturais dos Açores e da Madeira, nesta primeira lista consta apenas o Teatro Municipal Baltazar Dias (Funchal).

Quando esta fase de arranque da RTCP estiver concluída, o processo de credenciação «passará a estar aberto em regime de permanência, sem interrupções» para as entidades que queiram aderir no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close