Trabalho de Férias

Este ano aproveitei a liberdade, ganha com as novas diretivas da DGS, para ir completar o meu trabalho sobre medicina, médicos e termas e lá fui percorrer uns quilómetros em lugares onde não tinha ainda estado. Pude assim ver os locais onde estão as termas de Fadagosa de Mação, infelizmente abandonada, de Fadagosa de Nisa com alguns problemas e ainda as termas de Cabeço de Vide, a funcionar em pleno. Pareceu-me. Comprei uns livros em Fronteira que é o concelho a que estas últimas pertencem. Conversei animadamente e tirei dúvidas pois o Google dava informações confusas. Pude assim ficar a saber a qual das Fadagosas o médico do Sardoal, Francisco Xavier de Almeida Pimenta, aconselhava os seus doentes a ir. Era a de Mação. Fiquei a saber onde era Cabeço de Vide, cujas águas, Francisco Xavier de Almeida Pimenta tinha analisado em 1820, contribuindo assim para o seu atual desenvolvimento turístico.

Pouco vi por obrigações familiares me obrigarem a passar por Castelo Branco e seguir depois para a Guarda. Foi difícil a passagem por terras albicastrenses, engarrafada que estava pela Volta a Portugal. Segui viagem e quando quis meter gasolina a CEPSA, que diz dar descontos em catadupa, só vendia a gasolina mais cara e fiquei pírulas com tal coisa. Mas, sobrevivi e cheguei à Guarda.

Continuando o meu trabalho de férias, passei por Boticas cheia de gente emigrante, mas sem gente no Arquivo para o abrir à minha investigação e fui a caminho de Montalegre, entrando nela pela Avenida da Noruega e isso animou-me pois sabia que esta simpática nação tinha apoiado a construção do seu Centro de Saúde. Fui até á biblioteca e logo tive a grata novidade de que o seu Arquivo Municipal já tinha instalações autónomas. Mas, foi alegria de pouca dura pois logo me disseram que ainda não tinha recebido os livros de atas e outros documentos, que ainda estavam na Câmara.

Fui falando sobre o que procurava e logo me disseram que outros tinham tentado, sem sucesso, encontrar dados sobre o seu Centro de Saúde. Mas, confiando na minha sorte e na experiência ganha com investigação já realizada sobre a ajuda norueguesa, fui falando com a gente amiga que trabalha na Biblioteca. Tive assim acesso ao Correio do Planalto, um jornal de esquerda que muito lutou para que Montalegre tivesse o seu Centro de Saúde. No final do dia estava desbloqueado o meu acesso ao Arquivo.

Passei por isso um dia inteiro a ler atas da Câmara e da Assembleia Municipal de Montalegre, comparando a história local com as dos concelhos vizinhos já investigados. Pude assim deslindar a história local, encontrar um fio condutor e fazer a narrativa possível, onde não podia deixar de haver uns maus da fita que, na sombra, queriam desviar o dinheiro norueguês e defraudar os interesses montalegrenses.

Valeu a Montalegre a rivalidade política entre o PS e o PSD, acicatada pela forte presença da Esquerda, que não estava representada nos órgãos autárquicos, mas que os influenciava muito. Notei.

Ficaram assim as minhas amigas muito admiradas com o êxito que tinha obtido. Tinha agora que continuar o meu trabalho noutro lugar com base nos dados que pudesse recolher através do Google. Concluí assim que o SNS é o resultado tanto das forças que protagonizaram o seu arranque, como de todos os portugueses que o têm exigido e usado para salvaguarda da sua saúde e vida. Apesar disso muitos morreram de COVID 19 tanto em Montalegre como por todo o país. Mas, tudo seria bem pior se o SNS não existisse,

Terminado o tempo disponível, parti. Vi no caminho de regresso a capital da Medicina Popular do Padre Fontes, encontrando logo à saída o Centro de Saúde de Montalegre, que existiu por força do apoio norueguês e pela luta local contra a gente perversa que o queria aniquilar.

Ficou tudo bem, ou seja, melhor. Senti-me por isso calmo e feliz.

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close