Transformar lixo em peças de mobiliário é um dos projectos da Plataforma de Ciência Aberta de Barca d’Alva

A Plataforma de Ciência Aberta de Barca d’Alva, no concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, deverá receber muito em breve os protótipos que vão tornar possível a transformação de plástico reciclado em peças de mobiliário, como bancos, mesas ou estantes. «Eles estão praticamente prontos», revela ao TB a coordenadora científica, Maria Inês Vicente, adiantando que o material deverá ser entregue «em Janeiro».

Para além dos protótipos, a Plataforma irá receber os moldes, «e a partir do momento em que temos os moldes, com o plástico que temos, podemos nós começar a fazer essa produção». «Esperamos a partir dessa altura poder começar a produzir localmente as peças», que servirão para equipar, entre outros, espaços municipais e escolas do concelho, valendo-se das máquinas que adquiriram no âmbito do projecto Precious Plastic, que começou «há muitos anos na Holanda». «Um conjunto de pessoas construiu uma série de máquinas que trituram, derretem e moldam o plástico num outro objecto qualquer que se queira, tendo o molde, ou até criando novos objectos com as próprias máquinas. Actualmente há uma comunidade internacional grande e em Portugal já existem diferentes sítios que têm as máquinas Precious Plastic, inclusive existe um grupo no Porto, o Opo-Lab, que é o representante em Portugal da Precious Plastic, que começou a fabricar estas máquinas, que eles faziam de forma mais amadora na Holanda, de forma profissional e tanto que agora vendem para o mundo todo», conta Maria Inês Vicente.

A Plataforma Ciência Aberta de Barca d’Alva aquiriu as máquinas para desenvolver o Figueira Circular. O projecto, financiado pelo «fundo ambiental do Ministério do Ambiente e da Transição Energética», em 2019, consistia na recolha de resíduos de plástico, tecido, «no fundo, lixo», junto dos alunos dos estabelecimentos escolares do concelho, para ser transformado «em objectos úteis». (Notícia completa na edição desta semana do Jornal Terras da Beira)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close