Três candidatos a Provedor do Estudante do Politécnico da Guarda

Há três candidatos a Provedor do Estudante do Instituto Politécnico da Guarda. A eleição do novo Provedor do Estudante do Instituto Politécnico da Guarda (IPG) está marcada para dia 10 de Maio. O sufrágio esteve marcado para esta Quinta-feira, mas a falta de candidatos no prazo inicialmente estabelecido no calendário eleitoral obrigou a um adiamento da eleição.
O sucessor de Jorge Mendes, que não se recandidata ao cargo, deverá ser escolhido entre três professores. Os candidatos foram propostos pelos estudantes. As candidaturas tiveram de ser propostas por mais de 50 alunos e só puderam ser admitidas com as respectivas declarações de aceitação dos professores.
Dos 131 docentes em condições de serem propostos para Provedor, três aceitaram o repto dos estudantes. Deverão ir a votos o professor adjunto José Carlos Costa de Almeida, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão; a professora adjunta Elisabete Batoco Constante de Brito, da Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto e a professora adjunta Paula Cristina do Vale Lopes Pissarra, da Escola Superior de Saúde.
Jorge Mendes foi o primeiro Provedor do Estudante do IPG, eleito em finais de 2010. Foi eleito depois de ter sido presidente da instituição. Ao TB, Jorge Mendes explicou que dcidiu não se recanditar «por opção», considerando que ao fim de seis anos no cargo é «tempo de dar lugar a outros» professores.
A eleição do Provedor do Estudante é feita por sufrágio universal, livre, directo, presencial e secreto. Têm capacidade eleitoral activa os estudantes do Instituto inscritos nos cursos de bacharelato, de licenciatura, de especialização de pós -licenciatura com duração não inferior a um ano, de mestrado e de especialização tecnológica, excluindo os inscritos em anos com-plementares ou complementos de formação, de acordo com o registo dos Serviços Académicos. De acordo com o regulamento, entre as datas de afixação definitiva das candidaturas e o dia anterior à realização do acto eleitoral, os candidatos podem realizar sessões de es-clarecimento, devendo para o efeito propor a marcação das respectivas datas e a reserva do local junto do Presidente do IPG. A rede interna de comunicações do IPG pode ser utilizada para a divulgação das actividades ou sessões de esclarecimentos, sendo cada candidato res-ponsável pelos conteúdos que disponibilizar.
O Provedor do Estudante tem como missão principal «defender e promover os direitos e os interesses dos estudantes do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), no âmbito da Instituição, exercendo as suas funções com total autonomia relativamente aos restantes órgãos do Instituto». A esfera de actuação do Provedor abrange todos os órgãos de governo, serviços e agentes da estrutura central do Instituto Politécnico da Guarda, dos Serviços de Acção Social, das escolas e demais unidades orgânicas e fun-cionais. Os estudantes podem, individual ou colectivamente, apresentar ao Provedor queixas relacionadas com a acção ou omissão dos órgãos, serviços e agentes do Instituto e das suas Unidades Orgânicas, bem como formular sugestões, nomeadamente sobre questões pedagógicas ou relativas à acção social escolar, conforme está previsto no Regulamento do Provedor do Estudante do Instituto Politécnico da Guarda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close