Troço Mangualde – Celorico da Beira da Linha da Beira Alta recebe investimento de 103 ME

A Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou Sexta-feira que vai avançar com um investimento de 103 milhões de euros para modernizar o troço Mangualde – Celorico da Beira da Linha da Beira Alta. Em comunicado, a IP refere que publicou na Segunda-feira, em Diário da República, o concurso para a empreitada, que integra o Programa de Modernização da Rede Ferroviária Nacional Ferrovia 2020.
Segundo a IP, no âmbito desta empreitada «será realizada a requalificação integral do troço entre Mangualde e Celorico da Beira, com cerca de 34 quilómetros de extensão, sobre o canal actual da Linha da Beira Alta». «Serão executados trabalhos de substituição integral da super-estrutura de via com utilização de travessas monobloco polivalentes em betão e carril 60 E1 e alteração do “layout” das estações de Gouveia e Fornos de Algodres, por forma a assegurar o cruzamento de comboios de 750 metros de comprimento e optimização das condições de exploração», explica.
Em complemento, estão previstos «trabalhos de reabilitação dos sistemas drenagem, construção de obras de arte correntes, passagens superiores e passagens inferiores e as devidas adaptações nas instalações fixas de tracção eléctrica e a construção de infraestruturas de base para sinalização e telecomunicações».
A IP refere que tem actualmente cinco empreitadas para a modernização da Linha da Beira Alta a concurso ou em fase de contratação, que representam, no seu conjunto, um investimento estimado superior a 430 milhões de euros. «Este conjunto de intervenções reveste-se de elevada importância na requalificação do caminho-de-ferro em Portugal, num troço que integra o Corredor Internacional Norte e cuja concretização potenciará a dinamização do transporte ferroviário, nas ligações inter-regionais e na ligação a Espanha», sublinha.
No quadro do Plano de Investimentos Ferrovia 2020, a Ligação Porto/Aveiro – Vilar Formoso (através da Linha da Beira Alta) está definida como «um projecto prioritário que visa reforçar a ligação do Norte e Centro de Portugal com a Europa por caminho-de-ferro, de modo a viabilizar um transporte ferroviário de mercadorias eficiente, potenciando o aumento da competitividade da economia nacional».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close