ULS da Guarda determina restrições no uso dos computadores até ser removido o vírus detectado na rede

Os funcionários da Unidade Local de Saúde (ULS) estão desde ontem impedidos de aceder aos emails particulares através dos computadores da instituição por alegadamente terem sido afectados por um vírus informático. Para além disso, as portas USB de todos os equipamentos também ficarão bloqueadas “de forma a conter a propagação do vírus”, como refere uma comunicação interna assinada pela vogal do conselho de administração da ULS, Flora Moura, a que o TB teve acesso.

A ULS diz que a medida será temporária e vigorará até que seja contida a propagação e remoção do vírus, adiantando que os serviços de informática estão a efectuar as medidas de contenção.

A administração pede aos funcionários para terem os seguintes cuidados:

“1. Não abrir e-mails suspeitose muito menos executar os ficheiros anexos a esses mails (foi assim que ele entrou);

2. Não usar pendrivestrazidas de casa. A partir do momento que um computador particular esteja infetado, os vírus escondem-se nos nossos ficheiros do dia-a-dia e é uma questão de tempo até serem colocados na nossa rede;

3. Não frequentar sites de visualização de jogos online, filmes e séries. Estes sites estão sempre carregados de malware de ultima geração que infetam os nossos sistemas.”

Comentar

. logged in para comentar.

Artigos relacionados

SiteLock

Voltar para o topo

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close