ULS DA GUARDA ENCERRA UNIDADE DE CUIDADOS INTERMÉDIOS DE CARDIOLOGIA E REDUZ CAMAS EM VÁRIOS SERVIÇOS

Para «fazer face à escassez de recursos humanos», a Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda decidiu reduzir 16 camas em vários serviços do hospital e encerrar a Unidade de Cuidados Intermédios de Cardiologia. A administração assegura que não há serviços em risco de fechar. Em comunicado, justifica que a medida foi tomada «para fazer face à escassez de recursos humanos agravada pela redução do horário de trabalho de 40 para 35 horas, desde dia 1 de Julho de 2018, e para não colocar em causa a qualidade e segurança dos cuidados a prestar aos doentes».

*<antitprim>Enfermeiros alertam para consequências do fecho de camas na Unidade da Guarda

<antitprim>Câmara preocupada com redução de camas no hospital da Guarda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close