ULS da Guarda suspende aulas de preparação para o parto e grávidas ficam descontentes

As grávidas que estão a ser acompanhadas no hospital da Guarda, sobretudo as que vão ser mães pela primeira vez, ficaram descontentes ao saber que não há aulas de preparação para o parto. A enfermeira directora, Nélia Faria, assegurou ao TB que é uma situação transitória, que o curso está a ser «repensado» e que em breve deverá ser re-tomado.
Elisabete Gonçalves
elisagoncalves.terrasdabeira@gmpress.pt

As grávidas que estão a ser acompanhadas na Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda foram sur-preendidas com o facto de ter deixado de haver aulas de preparação para o parto. A notícia causou algum descontentamento, sobretudo junto das grávidas de “primeira viagem”. O curso de preparação para o parto, parentalidade e pós-parto, como é designado pela ULS da Guarda, é considerada uma mais valia pelas grávidas, que vêem na iniciativa uma forma de se prepararem não só para o momento do parto, mas também para a chegada do bébe, podendo ali receber algumas dicas e conselhos de como proceder numa etapa da vida que traz grandes alterações pessoais e familiares.
A informação chegou às grávidas como se as aulas tivessem terminado por alegada quebra de inscrições. Mas a enfermeira directora da ULS da Guarda, Nélia Faria, diz que a informação «não corresponde à verdade» e assegura ao TB que a actividade é para ser «retomada». Confirma que as aulas pararam em Agosto, mas que «em breve» poderão ser reiniciadas. Nélia Faria adianta que na comunidade, nomeadamente em Gouveia e Seia, as aulas já foram retomadas.
A enfermeira directora explicou que está em curso «uma remodelação do curso», nomeadamente ao nível de recursos humanos estando a ser «repensado um novo modelo». Instada sobre se a interrupção do curso está ligada ao protesto dos enfermeiros, Nélia Faria respondeu que a paragem «não está directamente» relacionada com a greve, sem no entanto adiantar pormenores. Sobre a motivação dos profissionais para prosseguir com esta valência, a enfermeira assegura que os enfermeiros envolvidos são profissionais «muito sensíveis» a esta temática.
A enfermeira directora escla-receu ainda que esta interrupção não belisca o estatuto do hospital da Guarda como “Hospital Amigo dos Bébes”. Nélia Faria explica que o compromisso da instituição é prestar informação credível às grávidas e essa, garante, é fornecida durante as consultas de acompanhamento.
As aulas de preparação para o parto foram iniciadas no hospital da Guarda em Fevereiro de 2007 e em 2015 passaram também a existir em Gouveia e Seia, na tentativa de cativar as grávidas daquela região do distrito a serem seguidas na ULS da Guarda.
Como explica a ULS da Guarda no seu site, o Curso de Preparação para o Parto e Parentalidade em Cuidados de Saúde Primários «oferece um acompanhamento especializado numa linha de continuidade, iniciando-se na fase pré-natal e mantendo-se ao longo dos primeiros dias de vida do filho e casal». O Curso de Preparação para o Parto tem a duração de 3 meses e inclui aulas teóricas, práticas, projecção de filmes e slides. As aulas teóricas, direccionadas na sua maioria ao casal, abordam temas como a fisiologia do trabalho de parto, a adaptação do organismo ao parto, educações para a saúde na área da saúde pré-natal e puerperal, sexualidade, alterações psicológicas e fisiológicas no puerpério, aleitamento materno, preparação para a estadia na maternidade e regresso a casa, cuidados ao bebé nos primeiros meses de vida, entre outros. A componente do exercício Pós-Parto inicia-se após 4 a 6 semanas do Parto e decorre em 5 sessões.
As aulas na Guarda decorriam das 18 horas às 20 horas, de Segunda a Quinta-feira. No site da ULS lê-se num texto publicado em Junho que «dado o grau de satisfação da comunidade», o Conselho de Administração da ULS da Guarda tem como objectivo «alargar a outros concelhos da área de abrangência da ULS este projecto».
EG

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close