Uso de máscaras nos recreios das escolas deixa de ser obrigatório

O uso de máscaras nos recreios das escolas deixa de ser obrigatório e a Direcção-Geral da Saúde vai actualizar as normas do isolamento profiláctico nos estabelecimentos de ensino, anunciou hoje o primeiro-ministro. “Quanto ao ano lectivo, o Conselho de Ministros tomou a decisão de clarificar que o uso de máscara não é obrigatório nos espaços exteriores das escolas, designadamente nos recreios”, disse António Costa, na conferência de imprensa da reunião do Conselho de Ministros de hoje, na qual o Governo aprovou a passagem à terceira fase de desconfinamento e as medidas associadas no âmbito da pandemia de covid-19.

O primeiro-ministro avançou também que a Direcção-Geral da Saúde vai actualizar, nos próximos dias, as normas sobre o confinamento, que vão permitir “responder a problemas que ainda têm subsistido” em relação “ao isolamento de pessoas que estão vacinadas e tendo em conta o risco efectivo da transmissão da doença entre população escolar”.

Em Portugal, desde Março de 2020, morreram 17.938 pessoas de covid-19 e foram contabilizados 1.064.876 casos de infecção, segundo dados da Direcção-Geral da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close