Vacinação sazonal contra covid-19 e gripe inicia-se hoje

Vacinação contra a covid-19 no Sabugal

A vacinação sazonal contra a covid-19 e a gripe inicia-se hoje em Portugal com o objectivo de proteger os grupos mais vulneráveis, estando previsto vacinar cerca de três milhões de pessoas até Dezembro.

O processo arranca de forma gradual, devido à chegada das vacinas ao país na véspera, hoje apenas em cerca de uma dezena de pontos de vacinação de norte a sul de Portugal continental, mas entrando em “velocidade de cruzeiro” já nos dias seguintes.

Os primeiros a ser chamados à vacinação serão os maiores de 80 anos com comorbilidades, um processo que vai decorrer novamente de forma escalonada, por faixas etárias, avançando à medida que se esgotem os agendamentos na faixa etária mais elevada.

São elegíveis para serem vacinadas as pessoas com 60 ou mais anos de idade, os residentes e profissionais dos lares de idosos e da rede nacional de cuidados continuados, as pessoas a partir dos 12 anos com doenças de risco, as grávidas com 18 ou mais anos e doenças definidas pela Direcção-Geral da Saúde e os profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados.

A campanha de vacinação da covid-19 vai utilizar já as vacinas adaptadas à variante Ómicron e que foram aprovadas pelo regulador europeu (EMA). No entanto, na vacinação primária contra o coronavírus SARS-CoV-2 continuam a ser utilizadas as vacinas originais.

A campanha arranca numa altura em que a cobertura da vacinação primária completa é de 93%, sendo o grupo etário menos vacinado o das crianças entre os 5 e os 11 anos, com apenas 44%. A vacinação de reforço está nos 66% da população elegível e a segunda dose de reforço já foi administrada a 63% dos idosos com 80 ou mais anos. O coordenador da logística, coronel Penha-Gonçalves, prevê que a vacinação contra a covid-19 e contra a gripe termine em 17 de Dezembro.

Com uma capacidade semanal de agendamento de cerca de 280 mil pessoas, o dispositivo está distribuído por todo o território continental, através de 397 pontos de vacinação, dois terços dos quais localizados em centros de saúde e um terço em centros específicos de vacinação.

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close