Valentín Cabero Diéguez vence Prémio Eduardo Lourenço 2022

Valentín Cabero Diéguez, professor da Universidade de Salamanca, venceu o Prémio Eduardo Lourenço 2022. O anúncio foi feito esta manhã na sede do Centro de Estudos Ibéricos da Guarda, local onde se reuniu o júri.

«Valentín Cabero Diéguez é um professor que dedicou toda a sua vida à academia, mas é também um homem do terreno e do território que muito calcorreou os caminhos da raia espanhola e da raia portuguesa. Não se limita a estar numa sala de aula, muito pelo contrário, é um homem que sai do conforto e quer aplicar a teoria na prática», afirmou Sérgio Costa, presidente da Câmara da Guarda, aos jornalistas no decorrer do anúncio do vencedor.

Receberam o Prémio Eduardo Lourenço a professora catedrática Maria Helena da Rocha Pereira, o jornalista Agustín Remesal, a pianista Maria João Pires, o poeta Ángel Campos Pámpano, o professor catedrático de direito penal Jorge Figueiredo Dias, os escritores César António Molina, Mia Couto, Agustina Bessa Luís, Luís Sepúlveda e Basilio Lousada Castro, o teólogo José María Martín Patino, os professores e investigadores Jerónimo Pizarro, Antonio Sáez Delgado, Carlos Reis e Ángel Marcos de Dios, o jornalista e escritor Fernando Paulouro das Neves e a Fundação José Saramago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close