Viagens canceladas podem ser trocadas por vales ou reembolsadas em 2022, anunciou o Governo

As viagens marcadas até 31 de Setembro e canceladas devido à pandemia vão poder ser substituídas por vales do mesmo valor até 31 de Dezembro de 2021, estando previsto o reembolso a partir desta data, anunciou Sexta-feira o Governo. Na conferência de imprensa realizada após o Conselho de Ministros, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, afirmou que foi aprovado um decreto-lei que define as condições em que podem ser feitas as viagens e as reservas de alojamentos que estavam previstas até 30 de Setembro e canceladas devido à Covid-19.
“Neste caso é atribuído um vale até 31 de Dezembro de 2021 e, nessa data, a partir de aí poderão ser reembolsas”, precisou a ministra, frisando que podem ser reembolsadas mais cedo as pessoas que estejam em situação de desemprego.
Mariana Vieira da Silva explicou que o decreto-lei prevê a distribuição de vales e “um posterior reembolso” caso as viagens não se concretizem. “Isto no caso das viagens e reservas canceladas por força de serem proibidas devido ao estado de emergência de qualquer país ou ao encerramento de fronteiras”, disse ainda a ministra.
O comunicado do Conselho de Ministro refere que foi aprovado o decreto-lei que “estabelece medidas excepcionais e temporárias procurando responder aos constrangimentos causados pela actual pandemia no sector do turismo”.
Segundo o comunicado, este diploma vem proceder “a melhorias relativamente às viagens de finalistas e define um regime específico dirigido a viagens organizadas por agências de viagens e turismo, ao cancelamento de reservas em empreendimentos turísticos e estabelecimentos de alojamento, e às relações entre agências de viagens e turismo, operadores de animação turística e os empreendimentos turísticos e os estabelecimentos de alojamento local”.
O conselho de ministros aprovou Sexta-feira o terceiro período do estado de emergência, que começou este Sábado e termina a 2 de Maio. Portugal regista 657 mortos associados à Covid-19 em 19.022 casos confirmados de infecção, segundo o boletim diário da Direcção Geral de Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close