Vigília contra a violência racista e xenófoba na Guarda

A Associação de Estudantes dos Países de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) da Guarda e um grupo de cidadãos vão promover este Domingo, pelas 17h00, no Parque Urbano Polis (zona verde para lá do coberto) a vigília – Black Lives Matter, contra a violência por racismo e xenofobia.

O movimento Greve Climática Estudantil Guarda e as associações de estudantes das escolas de Sé e da Afonso de Albuquerque, da cidade, assim como a Plataforma Já Marchavas, com sede em Viseu, associaram-se à iniciativa que surge na sequência da morte de George Floyd, que faleceu no passado dia 25 de Maio depois de um polícia lhe ter pressionado o pescoço com um joelho, durante cerca de oito minutos, numa operação de detenção.

Devido à crise pandémica, serão assinalados locais com um distanciamento de 4 metros, para que grupos máximos de sete pessoas se possam posicionar, devendo os participantes levarem obrigatoriamente uma máscara e, se possível, gel desinfectante.

A iniciativa decorre um dia após as marchas contra a violência por racismo e xenofobia agendadas para este Sábado em Viseu, Lisboa, Porto, Coimbra e Braga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O website do Terras da Beira utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close